Séries | SetembroPolicial2

Dica de Série: The Killing

7 de setembro de 2017

Oi pessoal, tudo bem? Que tal aproveitar esse feriadão e assistir a uma boa série ? Eis que te indico uma, The Killing um Thriller Policial intenso e viciante. A série possui 4 temporadas e é dividida em 2, como assim Isa? A temporada 1 e 2 fala de um crime A e a 3 e 4 de um crime B. Portanto hoje falarei da 1 e 2 e mais pra frente da outra, combinado? A série é uma refilmagem de Forbrydelsen que é dinamarquesa. Foi produzida pela emissora AMC nas três primeiras temporadas e por fim pela Netflix,teve seus autos e baixos mas conseguiu ser finalizada e agradeço por isso.

De inicio achei que seria como muitas séries policiais que a cada episódio ou cada temporada é um crime, porém o que vemos aqui é duas temporadas dedicadas a descobrir o assassino de uma garota, Rosie Larsen.  Mas a série conseguir ir além de procurar um culpado, é focada no desenvolvimento dos personagens, sem aquelas invenciones de uma mente brilhante.

Para solucionar este crime temos a dupla Sarah Linden (Mireille Enos) e Holder (Joel Kinnaman), ambos com seus problemas pessoais. Aqui temos pessoas diferentes que terão que lidar com isso e trabalhar juntos para desvendar o caso. De um lado temos Sarah, prestes a se casar pela segunda vez, tem um filho,não gosta muito de expressar sentimentos, muito menos de falar. De outro temos ele que fala pelos cotovelos, se mostra inseguro e inexperiente. No desenrolar dos episódios iremos descobrir um pouquinho de cada um e seus passados um tanto ruim.

De um outro lado temos a família Larsen,  Stan (Brent Sexton) e Mitch (Michelle Forbes), com seus dois filhos, além de Terry Marek (Jamie Anne Allman), irmã de Mitch. Uma família que chega de uma viagem e descobrem sobre o paradeiro da sua filha, ficam devastados e vamos acompanhar essa dor, esse luto de pertinho. Tem que ser forte, é muita dor, muita tristeza

E para finalizar temos a disputa politica, envolvendo a campanha para prefeito, vereador Darren Richmond (Billy Campbell) e seus assessores imediatos Gwen (Kristin Lehman) e Eric (Eric Ladin). Os roteiristas quiseram nos dar um outro lado para focar, sair um pouco do da busca pelo assassino de Rosie e acabamos nos envolvendo com os dilemas desses personagens também.

Você deve estar achando que é muito personagem para acompanhar e deve estar se perguntado se alguns não poderiam ter sido excluídos. Digo que não, pois cada um contribui para a série de uma maneira única. Cada peça, no final vai lhe mostrar um quebra-cabeça incrível.

Temos uma atmosfera perfeita para a série, ela se passa em Seattle. uma cidade conhecida pela quantidade imensa de chuva que há. Achei incrível o fechamento que teve com a série, pois, nos passou uma atmosfera fria, melancólica e que dá o toque final aos personagens com suas vidas quebradas e cinzentas. Sobre o figurino, temos pouca cor, algo que me fez ligar aos personagens pelo fato da tristeza, da falta de esperança,é incrível.

A trama foi maravilhosamente trabalhada, temos pistas confusas e embaralhadas. Mas a questão é como tudo esta ligado, um personagem que você imagina que ele pode não estar envolvido ou que possa não ter um segredo. E de repente a culpa surge, o segredo surge e nos surpreende. Por mais que temos uma premissa simples, usando cada episódio como um dia da investigação, temos um universo que nos faz refletir, sobre aspectos da humanidade, temos um assassinato, porém o caminho trilhado dos personagens acaba sendo mais importante que a resolução do crime.

Recomendadíssimo!

Titulo: The Killing (1º e 2º Temporada) –  Criação: Veena Sud
Ano de Produção: 2011 e 2012  – Gênero: Ação, Drama, Policial
Classificação: 4,5/5

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *